Crianças no Aeroporto: Locomoção

Quando se tratam de aeroportos com crianças, uma coisa muito importante pra se ter em mente é que nesses lugares geralmente andamos M-U-I-T-O! Andamos muito e, na maioria das vezes, com pressa! (Principalmente quando temos voos com conexão).

Então, não se iluda! Por mais que seu bebê seja pequeno e levinho, as caminhadas e filas nos aeroportos geralmente são longas e aquele pesinho em seu colo logo, logo se transforma em toneladas!!!

Não se esqueça também de que com crianças você estará carregando sempre mais coisas. Além da própria bolsa, mala de mão e documentos, há sempre outras tralhas que não podem correr o risco de irem caindo no caminho e muito menos de se perderem.

1326

Isso significa que a sua logística nos aeroportos com crianças pode não ser tão simples se você não se preparar. Por isso, avalie qual opção abaixo se adequa mais ao seu perfil:

#1 – Despachar carrinho de bebê na porta do avião – É possível ir com seu carrinho de bebê montado até o embarque na aeronave.

005

Dependendo da viagem isso até ajuda, mas tenha em mente que chegando lá, enquanto tiver uma fila enorme de passageiros atrás esperando para embarcar, você mesmo terá que desmontar o carrinho, embalar, etiquetar, cuidar da criança e só aí virá um agente para guarda-lo no bagageiro.

Já até usamos essa opção, mas achamos que não vale a pena. É trabalho demais… que até valeria se quando você desembarcasse seu carrinho estivesse lá na porta da aeronave te esperando novamente. Isso até deveria acontecer, mas não se iluda! Não vai…

Vantagens:

– Não ter que carregar a criança no colo até o momento de entrar no avião.

Desvantagens:

– Ter que despachar o carrinho sozinho na porta da aeronave

-No desembarque, não receber o carrinho novamente na porta do avião.

– Ter que carregar a criança no colo do momento que desembarca até pegar todas as bagagens.

#2 – Despachar o carrinho de bebê como mala – Carrinhos de bebe não contam como bagagem.

Capturar

Carrinhos geralmente são equipamentos caros. Então é importante que antes de viajar invistam em uma mala específica para eles. As principais marcas de carrinho oferecem essas “travel bags” para serem vendidas separadamente e se você gosta de viajar, acredite: esse é um ótimo investimento e que será usado por muitos anos.

Pense da relação custo x benefício que será ter seu carrinho quebrado nos “delicados” despachos de bagagem dos aeroportos. Uma coisa é ter uma mala danificada. Outra, completamente diferente, é ter o carrinho do seu filho quebrado!

Enfim, com seu carrinho dentro da mala, despache-o como outra bagagem qualquer. A vantagem aqui é que carrinhos de bebe (dentro ou fora de malas específicas) não contam como bagagem. Isso significa que não entram na sua cota e não deverão ser tarifados (desde que a criança esteja viajando junto, é claro!).

O que acontece na maioria dos casos é que como os carrinhos são grandes demais, o despacho geralmente acontece num local específico para malas grandes. O mesmo se dá na chegada em seu destino; você pode ter que buscar seu carrinho em uma esteira diferenciada também. Mas tá valendo!

Agora, não se esqueça! Se optar por despachar o carrinho, não deixe de levar algo para ajudar a carregar a criança no aeroporto. Aqui vale canguru, malinhas que a criança vai sentada em cima ou até mesmo um carrinho dobrável permitido a bordo.

Vantagens:

– O carrinho não conta como bagagem despachada.

Desvantagens:

– Ter que levar o bebê no colo no aeroporto (caso opte por não levar canguru, malinha que a criança vai sentada em cima ou até mesmo um carrinho dobrável permitido a bordo para te apoiar).

#3 – Usar um canguru ou malinha que a criança vai sentada em cima

1978

Se você optou por despachar seu carrinho de bebê como bagagem, é preciso que utilize algum método de apoio para carregar a criança no aeroporto. Assim é possível ficar com as mãos livres e você não sentirá tanto o peso da criança.

Se seu filho ainda for um bebê de colo, a sugestão é usar o bom e velho canguru. Já usamos em algumas viagens com a Gigi (inclusive com ela maiorzinha) e funciona super bem! Existem algumas marcas (e a que usamos é assim) que suportam crianças de até 20kgs. A diferença é que você passa a carrega-las nas costas.

Hoje já não usamos mais esse método. Apesar da Gigi ainda estar longe de chegar nesses kgs todos, nem ela e nem nós nos sentimos mais confortáveis.

IMG_5207.JPG

Outra opção aqui, mas que nunca testamos, são aquelas malinhas próprias pra crianças. Elas vão sentadas em cima e nós vamos puxamos pela cordinha.

Vantagens:

– Facilidade para carregar o pequeno.

Desvantagens:

– São mais uma coisa pra carregar dentro do avião.

#4 – Usar carrinhos de bebê dos aeroportos

IMG_7074

Essa opção não é possível nos aeroportos do Brasil com facilidade. Então, nem pense que vai encontrar esse tipo de carrinho por aqui!

IMG_6611

Por outro lado, há alguns aeroportos no mundo, principalmente na Europa, que disponibilizam diversos carrinhos para que você possa usar com seus filhos sem custo e stress nenhum. Nesses casos, eles ficam alocados em lugares estratégicos do aeroporto para que você possa utilizar com facilidade.

Vantagens:

– Facilidade para carregar o pequeno.

Desvantagens:

– Opção não disponível no Brasil

#5 – Usar um carrinho dobrável permitido a bordo

IMG_6542

Ah! Isso sim vale a pena D-E-M-A-I-S!!! Se assim como nós você é um apaixonado por viagens com crianças, esse será seu melhor investimento.

Existem alguns carrinhos (o mais famoso é o YOYO, mas não o único) que fechados ficam do tamanho de uma mala de mão e são permitidos a bordo. Isso significa que você pode leva-lo dentro do avião!

Optamos por comprar um carrinho desses no ano passado e facilitou demais a nossa vida.

Assim que compramos ficamos da dúvida entre levar apenas ele na viagem seguinte (que seria de 28 dias) ou levar também o antigo carrinho da Gigi. Ficamos com medo desse novo ser desconfortável para ela usar durante todos esses dias, mas no fim decidimos arriscar. E adivinhem só?! Bingo! Escolha certa!

Além do carrinho ser ótimo pra entrar em qualquer lugar (avião, trem, restaurantes) ele é super confortável!

Sobre o uso dele no aeroporto, não precisamos nem despachar carrinho e nem usar nenhum outro acessório para ajudar a carregar a Gigi. Aprovado e recomendado.

Vantagens:

– Não é preciso despachar o carrinho.

– Facilidade para carregar o pequeno.

#Ficaadica:

  • Se optar por despachar o carrinho de bebê na porta do avião, não espere o encontrar no mesmo local quando desembarcar.
  • Se optar por despachar o carrinho de bebê junto com as outras bagagens, invista numa mala própria para o carrinho e não se esqueça de levar algum acessório (do tipo canguru) para ajuda-lo a carregar a criança.
  • A melhor forma que já testamos para carregar nossa filha no aeroporto é o carrinho dobrável e permitido a bordo.

4 comentários em “Crianças no Aeroporto: Locomoção

Deixe uma resposta